Ludibrio

Ludibrio

Ludibrio foi desenvolvido como projeto final de curso em Tecnologia de Desenvolvimento de Software do IFF pelos bolsistas da BD Diego Manhães Pinheiro e Gustavo Guimarães Rezende, defendido em agosto de 2009 e orientado pelo pesquisador Rogério Atem de Carvalho. Esta ferramenta provê um toolkit para desenvolvimento de mocks, stubs, spies e dummies (dublês) em Python, facilitando uma série de tarefas de testes de código. Dublês são empregados quando se escreve um teste em que não é possível (ou não quer) usar a verdadeira dependência para um determinado recurso (como um outro módulo, um servidor de aplicações etc), substituindo-o por um Test Double. Dublês são então utilizados para especificar os relacionamentos dos objetos em um teste e validar se estes estão respeitando as interfaces dos objetos diretamente relacionados ao código que o dublê substitui. Test Doubles é uma técnica de apoio ao Test-Driven Development (TDD), que por sua vez é parte do Behavior Driven Development (BDD). A ferramenta está listada no banco de dados de programas em Linux Softpedia (http://linux.softpedia.com/get/Programming/Libraries/ludibrio-50139.shtml) e disponível na comunidade Python em http://python.org/pypi/ludibrio

Repositório: github.com/nsigustavo/ludibrio

Site: http://ludibriar.appspot.com/

Status: ativo

Projetos relacionados: